quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Corcunda de Notre Dame-Atividades Para Colorir

Há muitos anos em Paris, no séc. XV, um casal abandonou o seu filho à porta da Catedral de Notre Dame. Um grupo de fiéis cristãos encontrou-o mas não foram capazes de cuidar dele, porque quando o viram ficaram assustados, porque a criança parecia um monstro. Quem o adotou foi o juiz Claude Frollo da cidade de Paris.
- A criança cresceu e passaram a chamar-lhe Quasimodo, o corcunda de Notre Dame. Ele tinha várias deficiências (corcunda, um olho maior que outro, era coxo e quase surdo- mudo), mas era feliz porque gostava dele próprio.
- O juiz Frollo não queria nenhum cigano na cidade de Paris e para isso queria descobrir o seu esconderijo, e ensinou, o sineiro da Catedral de Notre Dame a contar, a escrever e a ler para controlar os ciganos que iam chegando à cidade.
- Quasimodo, o Corcunda, falava com as gárgulas (estátuas de pedra que guardavam a Catedral) e enquanto vigiava, viu pessoas de roupas alegres e coloridas, eles eram ciganos. Os ciganos e Quasimodo sentiam-se postos de parte, as pessoas não gostavam deles e não os aceitavam.
- Em Paris, à altura da Páscoa, acontecia o “Festival dos Bobos” e ganhava aquele que tivesse a máscara mais horrenda. Quasimodo ganhou este festival, porque era muito feio, conheceu os ciganos e apaixonou-se por Esmeralda, uma cigana jovem, bonita, destemida e corajosa. Pela sua beleza também se apaixonaram Frollo e Phoebus, o jovem capitão da guarda. 
- Frollo, o juiz, era malvado e por não ter o amor de Esmeralda, mandou matar o jovem capitão da guarda com o punhal de Esmeralda. Com isso queria incriminar Esmeralda. Mas não conseguiu o que queria. O jovem sobreviveu e no fim, Phoebus e Esmeralda casaram e foram felizes, enquanto Frollo continuou sozinho.









































quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Atividades relacionadas Com Sílabas

Monossílaba, Dissílaba, Trissílaba, Polissílaba são algumas atividades para imprimir.